Daily the latest News in flag wave deflag wave ukflag wave frflag wave br

Sonntag, 31 Mai 2020 08:10

Instituto Renault gera renda para projetos sociais por meio da produção de máscaras durante pandemia do coronavírus

geschrieben von Projekt-Renault
Artikel bewerten
(0 Stimmen)
  • Cerca de 96 mil máscaras descartáveis já foram encomendadas de projetos apoiados pelo Instituto, ajudando a gerar renda para as comunidades próximas ao Complexo Ayrton Senna em São José dos Pinhais (PR).
  • Na última semana, durante a live de aniversário da influenciadora Maísa, o Instituto realizou a doação de 5 mil máscaras descartáveis e 500 protetores faciais à AACD.
  • Os 500 protetores se somam às 2 mil unidades já produzidas por colaboradores voluntários da Renault utilizando impressoras 3D, destinadas aos profissionais da saúde e entregues à Secretaria de Saúde de São José dos Pinhais.

Equipamento essencial para a prevenção ao coronavírus, as máscaras também representam uma grande oportunidade de geração de renda para diversas famílias em vulnerabilidade social durante o período de pandemia. Com este pensamento, o Instituto Renault vem desenvolvendo uma série de inciativas buscando capacitar profissionais e instituições para a produção de máscaras descartáveis.

Na última sexta-feira, durante live da influenciadora Maísa, o Instituto realizou a doação para à AACD de 5 mil máscaras descartáveis e 500 protetores faciais, produzios por projetos apoiados pelo Instituto e colaboradores voluntários da Renault, respectivamente. Ao todo, já são cerca de 96 mil máscaras encomendadas diretamente de projetos sociais.

MÁSCARAS PRODUZIDAS PELA ASSOCIAÇÃO BORDA VIVA
A Renault encomendou um segundo lote de 40 mil máscaras da Associação Borda Viva, projeto apoiado pelo Instituto Renault situado próximo ao Complexo Ayrton Senna em São José dos Pinhais (PR). Em abril, o Instituto havia realizado a formação das mulheres da comunidade que trabalham no projeto Casa da Costura para a produção de máscaras descartáveis. Ao todo são sessenta mulheres envolvidas no processo de produção. Além deste pedido, a Renault também solicitou as 5 mil máscaras para entregar à AACD.

Com estes novos pedidos, já são 85 mil máscaras solicitadas à Associação. O primeiro lote de 40 mil unidades, já foi entregue à Renault. O objetivo é continuar gerando renda para as mulheres da comunidade e garantir a segurança para os mais de 7 mil colaboradores da montadora no Brasil.

“Somos parceiros da Associação Borda Viva há anos e temos muito orgulho de contribuir para a geração de renda das mulheres apoiadas por este projeto, especialmente em um momento tão importante como o que estamos enfrentando”, afirma Caique Ferreira VP do Instituto Renault e diretor de Comunicação da Renault do Brasil.

 “Agradecemos à Renault por mais essa oportunidade. Essa parceria é essencial para a nossa comunidade”, declara Rose de Fátima, presidente da Associação Borda Viva.

DOAÇÃO DE MÁSCARAS À SEJUF
O Instituto Renault também realizou a entrega de 8 mil máscaras à Secretaria da Justiça, Família e Trabalho do Paraná (SEJUF). Os itens foram confeccionados pelo Programa Supera, uma das frentes de inclusão da Unilehu, apoiada desde 2016 pelo Instituto Renault, que por meio da formação na costura e estamparia gera renda para diversas pessoas em situação de vulnerabilidade social.

As máscaras estão sendo distribuídas juntamente com as cestas básicas doadas pelo Governo do Estado do Paraná, por meio da SEJUF, às famílias dos alunos da rede estadual de ensino.

A entrega totaliza o pedido de 11 mil máscaras feito pelo Instituto Renault ao Programa Supera. O primeiro lote, contendo 3 mil máscaras, já havia sido distribuído em abril, entre a Secretaria da Saúde de São José dos Pinhais, a Instituição Pequeno Cotolengo e a Secretaria da Justiça, Família e Trabalho do Paraná.

PRODUÇÃO VOLUNTÁRIA DE PROTETORES FACIAIS
Colaboradores da Renault do Brasil produziram, de forma voluntária, cerca de 2 mil protetores faciais (Face shield) destinados à Secretaria de Saúde de São José dos Pinhais, e outros 500 destinados à AACD, com doação anunciada durante a live da influenciadora Maísa.

As máscaras foram produzidas utilizando impressoras 3D do Creative Lab (laboratório de inovação da Renault do Brasil) e impressoras pessoais de colaboradores voluntários. Ao todo, participaram da ação dez colaboradores, de sete áreas diferentes da Renault, e suas famílias.

Elizângela Camargo, responsável pelo Creative Lab Brasil RTA, foi uma das grandes incentivadoras e organizadoras do projeto e contou como foi desenvolver essa ação totalmente voluntária dos colaboradores. “Recebemos o contato da Prefeitura de São José dos Pinhais pedindo ajuda com a confecção de EPIs. Enviei algumas opções já validadas em outros países para que eles escolhessem a opção que melhor atendesse as necessidades. Validei com a nossa direção a intenção de ajudar e imediatamente recebemos o apoio. Retirei 5 impressoras 3D do Creative Lab e as trouxe para casa para poder deixá-las funcionando 24h. Ativei uma rede interna de colaboradores que possuíam impressoras 3D pessoais em suas casas e que estavam com o mesmo sentimento solidário. Com isso, tivemos mais 9 impressoras trabalhando na produção dos EPIs.”

Sobre a AACD
Fundada em 1950, a AACD possui uma infraestrutura completa dedicada à reabilitação e habilitação de pessoas com deficiências físicas e necessidades ortopédicas – composta por um hospital ortopédico, nove unidades de reabilitação e cinco oficinas para fabricação de produtos ortopédicos. Anualmente, realiza cerca de 800 mil atendimentos especializados para pacientes de todas as idades, via SUS, particular e convênios. Conta ainda com as áreas de Ensino e Pesquisa, que dissemina os conhecimentos adquiridos ao longo de sua história aos profissionais de todo o País, e com a inclusão escolar e esportiva, que contribuem para a inclusão da pessoa com deficiência. Acesse: aacd.org.br

Sobre a Associação Borda Viva
A Associação Borda Viva é uma organização sem fins lucrativos que atua desde 2002 no desenvolvimento social, segurança alimentar para crianças e no empoderamento feminino por meio do empreendedorismo e da geração de renda. A associação está localizada no bairro Borda do Campo, região próxima à fábrica da Renault em São José dos Pinhais - PR. Cerca de 90 mil pessoas já foram impactadas pelas ações da Associação que conta com a parceria do Instituto Renault.

Para promover a segurança alimentar, crianças cadastradas em idade escolar e que vivem em situação de vulnerabilidade social, recebem diariamente refeições preparadas pelas mulheres da comunidade. Ao todo são 37,2 mil refeições servidas por ano. 

A geração de renda possui três frentes:
- A Cozinha Comercial, lançada em 2012, cujo objetivo é gerar renda para as mulheres da comunidade oferecendo refeições de qualidade a um preço acessível.
- Associação também atua na comercialização de coffee breaks para eventos de empresas e outras organizações.
- A Casa da Costura, lançada em 2010, que tem como objetivo formar mulheres na área da costura e modelagem, além de bordados e estampagens. Para trazer maior atratividade aos seus produtos, desde 2015 a Casa da Costura passou a contar com uma coleção desenvolvida pelas mulheres do projeto com o auxílio de uma designer. Mantendo a sua tradição em produtos sustentáveis, a nova coleção utiliza, na sua maioria, aparas e sobras de materiais da indústria automobilística, como cintos de segurança e tecidos automotivos

Sobre o projeto Supera
O Programa Supera é a unidade de geração de renda da Unilehu, organização do terceiro setor que tem por missão principal tornar possíveis iniciativas sociais de inclusão. Com foco na geração de renda, desde 2007 o Supera possibilita a criação de oportunidades a pessoas em vulnerabilidade social, através da oportunidade de trabalho e formação na costura.    

Em oficinas de produção de costura, estamparia e artesanato, mais de 150 pessoas em vulnerabilidade social foram qualificadas para fazer os produtos do portfólio Supera, que conta com diversas opções de brindes, presentes e vestuário. Desde o início das atividades, 62 alunos já se tornaram produtores certificados e passaram a ter remuneração por produção.

Para ajudar ainda mais o processo, o Supera fornece infraestrutura, com equipamentos e matéria prima para a confecção dos produtos e se responsabiliza pela comercialização do estoque produzido.

O projeto amplia o seu impacto social ao dar prioridade no desenvolvimento de produtos sustentáveis feitos de diversos tipos resíduos, contribuindo para a preservação do meio ambiente.

Sobre o Instituto Renault
Fundado em 14 de setembro de 2010, o Instituto Renault já impactou mais de 740 mil pessoas, atuando nos eixos de inclusão e mobilidade sustentável.  Criado há nove anos, o Instituto Renault tem como objetivo promover ações voltadas à sustentabilidade socioambiental, atuando em dois eixos: Mobilidade Sustentável e Inclusão.

No eixo Inclusão, além do Renault Experience a Renault apoia a Associação Borda Viva, para promoção do desenvolvimento social, da segurança alimentar para crianças e do empoderamento feminino por meio do empreendedorismo e da geração de renda.

No eixo Mobilidade Sustentável, destaque para o Programa “O Trânsito e Eu”, de educação para segurança no trânsito, presente de forma permanente em oito municípios do país: Curitiba, São José dos Pinhais, Maringá e Arapongas, no Paraná; Pelotas (RS); além das cidades paulistas de São Bernardo do Campo, Santa Bárbara d’Oeste e São Paulo, capital. O programa também desenvolve ações itinerantes em parques, shoppings e eventos. Cerca de 230 mil crianças já foram impactadas pela iniciativa. No mesmo eixo, a Renault já comercializou cerca de 300 veículos 100% elétricos no Brasil a empresas que possuem projetos relacionados à mobilidade zero emissão.

Gelesen 200 mal

Schreibe einen Kommentar